domingo, 13 de fevereiro de 2011

CAMINHOS!

Ando por uma estrada
sem fim à vista.
Em câmara lenta...
Passa o vento,
Vem o sol,
Cruzam -se silhuetas,
Sombras,
De outras estradas.


Sigo o meu caminho....


O destino que me dê...
A verdade de um momento.
A certeza de um olhar.
Uma mão para agarrar.


Quero deixar o rasto
 um trilho
E no mar naufragar...

EME
Foto : EME

1 comentário: