sábado, 5 de março de 2011

PERDI-ME ...

                           Foto : autor desconhecido


Algures entre o Ontem e o Hoje
Perdi-me...

Embalei-me num canto de sereias
Deixei meu corpo flutuar
Numa insustentável leveza de Ser

Entreguei-me...

Fui sem Ser
Fui Tudo...
Fui Nada...

Retorno...

Esfumou-se o tempo que foi
No tempo que é!

Algures entre o Sonho e a Realidade
O esquecimento...
O vazio...
O Nada de Hoje
Que foi o Tudo de Ontem!

EME

1 comentário: