terça-feira, 15 de março de 2011

RITUAIS...PALAVRAS

"Mulher à janela"by Dali


 Sentei-me à janela...
 Deixei o vento entrar...
 Voaram as folhas de papel...
 Soltaram-se as palavras...
 Libertaram-se as letras!

 E, de repente
 Surgiu o teu nome
 Em forma de amizade!

Sentei-me à janela
Deixei o vento partir...
Cativei o teu nome
E tornei prisioneira a tua amizade!

E hoje, na muralha do meu coração,
Moramos juntos!

E numa folha de papel
As letras formam palavras
E as palavras escrevem o TEU NOME!

EME (escrito a 8 de Novembro de 2010)

Sem comentários:

Enviar um comentário