sábado, 5 de março de 2011

A TRISTEZA MASCARADA

                          Foto (autor desconhecido)

Mascaram-se os rostos...
Adornam-se os corpos...
Forçam-se sorrisos...
Instituicionaliza-se a alegria...

Tem-se a breve ilusão
Que o mundo é folia
E ao ritmo do samba,
Samba-se sem parar

Caí o pano,
Tiram-se as máscaras,
Morre o sorriso,
Apaga-se a alegria,
E a ilusão deixa na boca,
O sabor amargo de um mundo a fingir!

Sem comentários:

Enviar um comentário