terça-feira, 26 de abril de 2011

Em Livro.....



Tela de Andrew Atroshenko

Capa escarlate.
De mil títulos.
Esculpidos a ouro.
Prefácios sem pontuação.
Em breves apontamentos.
Folhas …
Brancas
De todas as cores.
De todos tamanhos.
Lisas.
Enrugadas.
Amachucadas.
Mas folhas.
Letras.
Palavras.
Frases.
Contos…sem contos.
Histórias sem principio.
Sem meio.
Sem fim.

Apenas o correr
De uma tinta
Transparente…
Que num breve toque
Iluminam noites secretas.
Folhas que se desfolham.
Letras que se encaixam
Num libido ritual
Sem epílogos….

EME

3 comentários:

  1. Boa noite, Elsa!
    Gosto muito de passar por aqui, pois encontro sempre belas postagens e composições poéticas.
    Parabéns querida!
    Beijos,
    Mara

    ResponderEliminar
  2. Gosto muito, Amiga: escrever sobre a própria escrita. Força para mais, sempre. Abraço

    ResponderEliminar
  3. A sua frase, "Escrever é vestir o pensamento para sair à rua", é absolutamente magnífica.

    Parabéns. É muito bom ler o que escreve.

    ResponderEliminar