segunda-feira, 31 de outubro de 2011

OÁSIS EM DESERTOS



Foto by EME " ÓASIS"

Gosto de desertos!
Gosto de oásis verdejantes que escondidos no meio de densas dunas, mudam a cor da paisagem.
Há pessoas com paisagens assim!
Olhamos e vemos olhares áridos, expressões agrestes, quase intocáveis, intransponíveis, como as dunas no deserto do Saara. Duvido sempre desta visão. Procuro sempre ir mais além, porque a evidência é enganadora. Nem sempre o óbvio é fonte de verdade.
Escondem-se paisagens de inesgotável vida, pulsante, nessas áridas paisagens.
Nesse mapa geográfico ficam a descoberto fontes de água pura e cristalina, onde a sede se sacia, em conjugação permanente.
Há pessoas assim…secas por fora…mas por dentro…por dentro são cascatas fulgurantes,  montanhas vestidas de florestas tropicais, delirantes labirintos onde se perdem viajantes incautos.
Nestas geografias explodem tempestades, vulcões, sismos, expressão de uma natureza guardada e apenas partilhada a quem, por vontade própria, arrisca ver mais além…
Há pessoas que são assim…desertos por fora…e perdições por dentro.
Não gosto do óbvio…gosto de ver mais além e simplesmente perder-me!

1 comentário:

  1. Penso exactamente o mesmo e cada vez isso é mais verdadeiro. Com a idade, vamos mais fundo, as aparências já nos iludiram demais! Muito bem analisado. Gostei muito.

    ResponderEliminar