sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Invisível fragilidade

Faz-se de pedra por fora, o que por dentro se desfaz.
Somos tão frágeis que até a pedra dura que nos veste a pele, é folha de papel no momento exacto em que nos entregamos.
Na visível dureza, escondida está, a incerteza da fragilidade que não queremos tangível.
E, afinal, de que somos feitos?
Do Outro que queremos nosso.
Foto by Eme
















1 comentário:

  1. Gosto muito dos teus textos, são muito verdadeiros, melancólicos, e dizem aquilo que nós nem sempre vemos ou gostamos de admitir acerca de nós próprios. Este é o meu preferido dos últimos tempos, tocou-me bastante o coração, e essa é uma das marcas de um bom escritor(a). ;)

    ResponderEliminar