domingo, 28 de abril de 2013

Há vento por ai.

Há vento, muito vento.
Levanta-se pó...pó que queremos poisado.
Voam cabelos, saias e folhas num rodopio sem parar
E a ventania que se sente lá fora
Trás o cheiro do mar
A Saudade de navegar

Há vento, muito vento
E o temporal que se faz cá dentro
Veio para ficar.
Foto By Eme


2 comentários:

  1. Mas que o temporal se solte sempre num belo sorriso. Bjo

    ResponderEliminar
  2. ai, as estações que nenhuma meteorologia sabe entender...

    beijinhos, brisa e vendavais! porque só o que agita, alenta!

    ResponderEliminar