segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Ode à Paixão - Dia Mundial da Fotografia

Consumo-a até à exustão.
Quero - a dentro de mim, intacta,  para voltar a senti-la como se fosse a primeira vez.
Cada olhar, cada momento, cativo-o e sinto visceralmente, a intensidade desse prazer.
Quero gravar para a eternidade o mais efémero instante que me transcende.
Um rosto, um gesto, um movimento, tudo se resume a um olhar captado numa fracção de segundos e somos por um instante, tudo isso.

É Paixão! 
O corpo estremece e a alma entrega-se num prazer quase orgásmico.
E quero mais, sempre mais e mais.
Quero contar todas as histórias que vejo, redefini-las, reinventá-las para completar o que me faz falta.
E este  momento solitário preenche o espaço vazio que dentro de mim deixei ficar para , apaixonadamente, me entregar assim.

Dedicado à paixão que me faz sentir mais completa 
"A outra face de mim"

Sem comentários:

Enviar um comentário